Crítica: Capitão América Guerra Civil

Marvel sendo Marvel.


Por: Diones Santana
Após muita espera chega aos cinemas “Capitão América Guerra Civil” filme que é praticamente um filme dos vingadores em uma versão 2,5. A Marvel como sempre nos surpreende em seus filmes. O filme Homem Aranha (2001) foi o ponto de ignição mesmo sendo produzido por outro estúdio o longa teve uma grande aceitação e fez que a Marvel enxergasse futuros em seu universo de heróis e começassem a produzir pelo próprio estúdio. Foi quando chegou nas telonas filmes como Thor, Homem de Ferro, Capitão América entre outros. Mas agora temos a adaptação dos quadrinhos Capitão América Guerra Civil, que é um grande clássico das Hqs adaptados agora para o cinema.


Na história os vingadores são julgados pelos ocorridos em Sokovia, Washington, D.C, Nova York, aonde ocorrerão os filmes anteriores, para o governo os vingadores precisam ser controlados por eles aonde é elaborado um tratado chamado de Sokovia assinado por mais de 100 países, que após assinado os vingadores atuaram apenas quando o governo permitir ou autorizar limitando a atuação da equipe formada pelo Homem de Ferro. O Soldado Invernal está sendo procurado por um ataque terrorista, mas as informações não ficam claras e o Capitão América vai atrás de seu melhor amigo contrariando alguns amigos e também o governo.


Com tudo isso acontecendo os desentendimentos acabam dividindo as equipes tendo de um lado como líder Capitão América de do outro o Homem de Ferro. Capitão América Guerra Civil consegue mais uma vez ser surpreendente e arrasador com muita as conhecidas cenas de humor foram mais limitadas, mas não extintas pois o filme tem um tom muito mais sombrio. A apresentação dos novos personagens é bem prática. A apresentação do Pantera Negra foi simbólica, porém assertiva deixando para ser contada no próprio filme que estreia em 2017, o amigão da vizinhança (Homem-Aranha) também tem sua apresentação a equipe de forma rápida e sincera aonde não temos muita enrolação.

Filme desbanca qualquer filme já produzido pela Marvel feito anteriormente, consegue envolver e deixa de forma fluida para qualquer pessoa que acompanha os heróis a anos sair da sessão de forma confortável. é um filme que todos queriam ver e eles acertaram em praticamente tudo! Ao fim tem duas cenas pós-créditos e é bom você conferir como eu disse no enunciado a Marvel foi ela mesma e acertou mais uma vez.


Nota: 9,7

Compartilhe no G+

Sobre: Diones Santana

Após ter entrado para a escola de magia e bruxaria de Hogwarts, ter vivido longos anos na terra média ao lado de Hobbits, conheci o filho de Jor-El ainda quando ele era Clark Kente ter entrado em um fliperama para conhecer Tron! Hoje estou aqui compartilhando minhas paixões com vocês, porém me acompanhe para que eu não caia na zona fantasma.

    Comente
    Comente com Facebook

0 comentários:

Postar um comentário